proposito no trabalho rh

12-03-2020

Propósito no trabalho: a importância deste conceito na visão do gestor

Você sabe o que é propósito no trabalho? No artigo de hoje vamos falar tudo sobre o tema. Qual a importância e como viabilizar o propósito de colaboradores na sua empresa.

 

Existem grandes chances de você estar escutando a palavra “propósito” com mais frequência de um tempo pra cá. E não é impressão. O próprio Google aponta que o interesse pelo termo cresceu mais de 8 vezes nos últimos 14 anos.

No contexto do trabalho, como vamos mostrar mais adiante, trata-se do principal motivo que leva colaboradores a pensarem em mudar de emprego. Assim sendo, se você é um gestor, líder, ou RH, deve colocar esta palavrinha no radar e tratá-la com mais carinho.

E isso vale tanto para o seu propósito pessoal, quanto para o propósito dos colaboradores e colegas de trabalho.

 

O que é propósito e qual sua relação com o trabalho

O propósito de uma pessoa pode ser encarado como uma missão de vida. É aquilo que ela pretende alcançar e realizar. A origem deste objetivo não cabe discutir aqui. Pois pode envolver questões filosóficas e crenças pessoais.

Mas, independente de sua origem, o propósito é aquilo que faz uma pessoa feliz, empolgada, motivada. É uma marca pessoal, única, que leva um indivíduo a tomar decisões importantes e se transforma em energia para ir mais longe até conseguir alcançá-lo.

É mais difícil explicar o termo propósito do que entender o seu significado. A gente sabe o que isso quer dizer, mesmo quando não temos claro qual é o nosso propósito em específico.

O propósito no trabalho é a junção entre o seu objetivo pessoal mais profundo e o que você faz para ganhar dinheiro. Embora normalmente o conceito esteja associado a ajudar os outros (família, pessoas, planeta, animais…) de alguma forma, isso não necessariamente significa caridade ou voluntariado.

Até pelo contrário, a importância de juntar objetivos pessoais com atividade profissional vem se mostrado cada vez mais perceptível até mesmo no ambiente empresarial.
Segundo pesquisa realizada pela Love Mondays (o site de vagas que hoje está integrado ao Glassdoor), 29,6% dos profissionais que estão pensando em mudar de emprego têm como motivação maior encontrar um trabalho mais conectado com o seu emprego.
Neste caminho, na visão de um gestor, tão importante quanto entender o que significa propósito, é aceitar a influência que isso pode ter nos resultados de uma empresa.

 

A importância de ter um propósito de vida

Bom, nós já vamos entrar na parte mais conceitual do assunto. Mas você sabia que existe uma razão física para buscar o seu propósito de vida?

Uma pesquisa publicada no portal Jama Network, indicou que pessoas que têm um propósito de vida definido vivem mais. Para chegar a esta conclusão, foi distribuído um questionário (que resultava em um pontuação) para mais de 6 mil pessoas acima de 50 anos nos Estados Unidos em 2006.

Feito isso, os pesquisadores analisaram as causas de morte ocorridas neste grupo ao longo de 5 anos. O resultado apontou que as pessoas com os níveis mais altos de propósito tinham menos risco de morrer.

Voltando agora aos argumentos mais filosóficos e subjetivos, existe um conceito de que a felicidade nunca é o propósito de vida de uma pessoa. Nosso propósito é ser útil. Mas é inegável que a busca por ele influencia em nossa felicidade e motivação. Ter um propósito significa ter uma razão maior para levantar da cama, viver e até produzir. O propósito inspira.

Isso fica ainda mais perceptível quando analisamos a situação oposta. Lembra da pesquisa que falamos no início do texto, sobre as trocas de emprego? Pois então, é cada vez mais comum encontrar profissionais com um sentimento de vazio, infelizes no trabalho, em busca de uma oportunidade profissional que faça mais sentido.

Embora o propósito seja uma preocupação particular, ele pode, e deve, entrar na pauta dos gestores e profissionais de RH.

 

Por que se preocupar com o propósito dos colaboradores?

Neste artigo falamos sobre os resultados práticos de investir na motivação de seus colaboradores. Um bom exemplo, é o fato de que, segundo pesquisas, colaboradores motivados são 50% mais produtivos.

Por que estamos falando isso? Porque viabilizar o propósito, e ajudar colaboradores a encontrá-lo, é justamente um dos meios de aumentar os índices de motivação na sua empresa. E, com funcionários motivados, uma bola de neve positiva se inicia na sua empresa. Aqui vão alguns exemplos:

  • Aumento na produtividade
  • Comprometimento com as metas
  • Engajamento com as ações de marketing
  • Redução do turnover
  • Melhora no clima organizacional

Além disso, podemos falar sobre Employer Branding, conceito que define as ações de marketing voltadas para reforçar sua imagem de marca empregadora. Ajudar um colaborador a encontrar seu propósito se reflete na sua vida por completo. E é sempre bom lembrar que o funcionário é o seu primeiro cliente. Deixá-lo satisfeito resulta em melhoras não só na produtividade, mas como na imagem da sua empresa perante o mercado.

 

Como ajudar os colaboradores na BUSCA pelo propósito?

Algumas pessoas têm o seu propósito bem definido desde muito cedo. Outras, têm mais dificuldade em encontrá-lo. Nesses casos, o primeiro passo é sempre olhar para si mesmo. O propósito surge de dentro pra fora, e não ao contrário. Portanto, para poder ajudar o mundo, e descobrir como queremos fazer isso, precisamos antes ajudar a nós mesmos. Se o colaborador é o primeiro cliente de uma empresa, nós somos os primeiros clientes de nós mesmos.

Outro ponto interessante é que encontrar um propósito não deve se tornar uma obsessão. A busca deve ser natural, e fazer parte de um ciclo de auto conhecimento. Neste sentido, existem algumas estratégias que sua empresa pode adotar para ajudar os seus colaboradores. Vamos a algumas delas.

 

Coaches

A presença de coaches já é uma realidade em muitas empresas. Parte do seu programa pode ajudar os colaboradores a encontrar seu propósito. Na verdade, já existem até profissionais especializados nisso, que se apoiam na busca pelo propósito como uma estratégia para ajudar pessoas a se tornarem mais felizes e motivadas.

 

Tecnologia

Como já falamos, encontrar um propósito de vida faz parte de um ciclo de autoconhecimento. E uma maneira de ajudar os seus colaboradores a evoluírem neste sentido, é aplicando softwares de avaliação de perfil comportamental. Este tipo de ferramenta tem como objetivo primário facilitar a vida de gestores e melhorar os índices de assertividade no processo seletivo. Mas, também contribuem com insights para o colaborador identificar que tipo de atividade e quais abordagens combinam mais com eles e o que os deixa mais motivados.

 

Divulgar conteúdo sobre o assunto

Como você se comunica com seus colaboradores? Hoje em dia, além da boa e velha newsletter, existem diversos outros meios de disseminar conteúdo entre os colaboradores de uma empresa. Grupos de Whatsapp, grupos no Facebook, e até mesmo apps de comunicação interna. Entre os assuntos abordados, o propósito pode, e deve, estar incluído. Com uma rápida pesquisa você irá encontrar vídeos, seminários e artigos sobre o tema. Esta palestra no TED TALKS é um exemplo:

 

Ikigai

Entre os materiais compartilhados com o seu time, um que indicamos fortemente é o método japonês chamado Ikigai. Ele consiste em responder quatro perguntas:

  • O que você ama?
  • O que o mundo precisa?
  • No que você é bom em fazer?
  • Pelo que você poderia ser pago?

Como você pode ver no diagrama abaixo, aquilo que convergir em todas as respostas pode estar ligado ao seu propósito.

ikigai para descobrir a profissão de exatas

Como ajudar os colaboradores a VIABILIZAREM seu propósito?

Esta é a grande pergunta do artigo. Até porque, isso envolve que outra importante questão seja respondida primeiro: qual o propósito da sua empresa?

Obviamente que a parte financeira deve estar incluída nisso. Mas, para que um colaborador concilie propósito e trabalho, é primordial que você tenha definido, e claro perante ao mercado e nas suas ações, qual o propósito da sua própria empresa. Se não existir convergência, as chances de uma pessoa procurar a felicidade na concorrência deve aumentar.

Além disso, segundo pesquisa da Deloitte, empresas com propósito apresentam melhores taxas de produtividade e crescimento, além de taxas de retenção de talentos até 40% maiores.
Outra possibilidade é a flexibilidade, um dos benefícios mais desejados entre os profissionais de hoje. Normalmente associada à qualidade de vida, ou a poder passar mais tempo com a família, a flexibilidade (de local ou horário de trabalho) também permite que seu funcionário participe de eventos, palestras e ações relacionadas ao seu propósito.

Neste mesmo caminho, você também pode incluir o propósito em seus programas de motivação. Ao estipular metas, no lugar de recompensas em dinheiro, você pode pensar em ações que se encaixem com os objetivos pessoais do colaborador, como é o caso de doações, ou até mesmo ingressos para eventos.

Mas, voltando ao início do tópico, você irá encontrar meios muito mais criativos de viabilizar o propósito dos colaboradores a partir do momento que tiver definido bem claro qual é o “objetivo maior” da sua própria empresa.

Você concorda com isso? Acha que é importante conciliar trabalho e propósito? Conte pra gente! Aproveite para ler este artigo que escrevemos sobre Qualidade de Vida no trabalho.