LinkedIn para empresas

25-06-2020

LinkedIn para empresas: como o RH pode fazer a diferença

O LinkedIn vem fazendo a diferença no resultado de empresas em muitos setores. Listamos 7 dicas sobre como o RH pode influenciar nesta história.

 

Muita gente tem um perfil e acessa o LinkedIn com certa frequência. Mas nem todos sabem como usar a ferramenta de maneira efetiva.

No contexto do RH, a ferramenta está associada ao processo seletivo, já que é um ótimo facilitador para divulgar vagas, encontrar e atrair talentos.

Mas as vantagens não param por aí. Termos com Social Selling surgem para mostrar que o LinkedIn também tem grande potencial para influenciar diretamente nos resultados da sua empresa (independente do setor que você trabalha)

No post de hoje, reunimos 7 dicas sobre como o profissional do RH pode usar o LinkedIn para fazer a diferença. Tanto para a empresa em que trabalha, quanto para a sua própria carreira.

 

As vantagens de usar o LinkedIn para empresas

Não vamos enrolar. No próximo tópico você já vai encontrar nossas dicas. Mas, para entendê-las melhor, que tal ter em mente os benefícios que uma boa estratégia de LinkedIn pode oferecer para sua empresa? Aqui listamos algumas:

  • Atração de talentos
  • Busca por talentos
  • Employer Branding
  • Captação de Leads
  • Valorização do colaborador
  • Aumento nas vendas

 

7 dicas para usar o LinkedIn para empresas e fazer a diferença no RH

 

Crie um perfil para sua empresa (e capriche!)

Esta é a dica mais repetitiva. Mas ainda assim, muito importante. Como ocorre em outras redes sociais, criar um perfil empresarial é o primeiro passo (e requisito) para uma estratégia de sucesso.

No caso do LinkedIn, isso permite que os colaboradores marquem a página da empresa nas suas experiências profissionais, o que já é um bom meio de divulgação.

Além disso, é somente criando um perfil empresaria que você poderá investir em anúncios dentro da plataforma (outra boa forma de influenciar nos resultados da empresa).

Ainda neste ponto, nunca é demais lembrar: capriche! providencie uma arte de capa, prepare uma descrição poderosa, crie conteúdo constantemente. Se o LinkedIn é a rede social do mundo corporativo, o perfil é o cartão de visita da sua empresa.

 

Engaje os colaboradores a participar

Esta é a principal dica para uma estratégia de sucesso para empresas no LinkedIn. Embora você possa (e seja obrigado!) a criar um perfil para a sua empresa, é a partir dos colaboradores que sua mensagem será disseminada com mais força.

No Facebook e no Instagram, estamos acostumados a falar diretamente com o público final. Mas, no LinkedIn, este contato é feito muitas vezes através dos perfis pessoais. Isso aumenta o seu alcance orgânico e a credibilidade nas ações.

Neste sentido, tenha em mente que se você quiser tirar o melhor da plataforma, criar um meio de engajar os colaboradores em seus conteúdos irá fazer grande diferença.

 

Defina um objetivo

Bom, já sabemos que os seus colaboradores são um grande canal para atingir seus objetivos dentro da plataforma. Mas qual seria ele mesmo?

Tenha isso claro! Você quer usar o LinkedIn como uma ferramenta para atrair talentos? Crie conteúdo que faça as pessoas desejarem trabalhar na sua empresa. Você quer captar leads? Treine seus colaboradores para usar a ferramenta para encontrar clientes em potencial.

Quando você sabe o que quer, fica mais fácil definir o que fazer. Defina uma meta, pode ser aumentar o número de seguidores, captar um número X de leads, enfim, algo que faça sentido para o modelo de negócio da sua empresa, e corra atrás dos resultados.

 

Valorize os seus colaboradores

O LinkedIn é a rede social dos profissionais. As empresas apenas ilustram suas experiências. Neste sentido, seja para alcançar objetivos de vendas, ou de RH, valorizar as conquistas e a imagem os seus colaboradores é fundamental.

Além disso, posts em que você destaca os seus colaboradores normalmente apresentam um bom engajamento. Principalmente quando se apresenta algo que esta pessoa fez de verdade, e não apenas uma foto de pessoas supostamente felizes no ambiente de trabalho.

 

Seja/defina um porta-voz. Interaja!

Aqui temos um reforço da nossa segunda dica. Se os colaboradores são parte crucial da sua estratégia, alguém tem que começar.

Interaja com outros perfis, divulgue seus pontos de vista, comente, compartilhe. Aos poucos você vai aumentando sua relevância na rede e contribui para os resultados da sua empresa.

 

Crie cases e apresente novas perspectivas

Os usuários do LinkedIn adoram ser surpreendidos com cases ou pontos de vista interessantes. Basta observar: diariamente você vai encontrar posts que viralizaram pois mostravam alguma ação de sucesso ou uma opinião intrigante/disruptiva relacionada às nossas rotinas de trabalho.

No exemplo abaixo, a Jheniffer Coutinho, gerente de RH, falou sobre o próprio LinkedIn. Por sinal, quem acessa a plataforma adora falar sobre ela mesma.

Aqui, Pedro Henrique Melo, CCO do Atlético Mineiro, divulgou um case de vendas de suas camisetas em tempos de pandemia.

Tente criar argumentos interessantes, pense em algo que alguém fez de diferente na sua empresa e compartilhe a história. O LinkedIn é o lugar em que os exemplos reais tem voz. Aproveite!

 

Divulgue suas vagas de emprego

Para finalizar, não esqueça de divulgar suas vagas! Mesmo que você não possa anunciar uma vaga na plataforma (que é pago), você pode postar suas oportunidades do Feed. Neste caso, use e abuse das hashtags, pois é como os potenciais candidatos irão te encontrar.

Gostou das nossas dicas sobre o LinkedIn? Então que tal ler nosso artigo “Motivação no trabalho: o que fazer e o que evitar”.
Acesse o Benefi e encontre os melhores conteúdos sobre RH e Gestão de Pessoas.