recursos humanos gestão de pessoas

18-06-2020

Entenda a diferença entre Gestão de Pessoas e Recursos Humanos

Recursos Humanos e Gestão de pessoas são dois conceitos que dividem muitos objetivos. Porém, seu papel e execução possuem grande diferença. Entenda!

 

Hoje vamos responder uma pergunta bem prática, de uma maneira ainda mais prática:

  • “Qual a diferença entre Gestão de Pessoas e Recursos Humanos?”

Se você rolar a página mais um pouco, vai encontrar um gráfico e, logo após, um desdobramento das explicações. Mas aqui vai uma dica para entender a principal diferença, sem muitos rodeios:

  • Recursos Humanos é responsabilidade do departamento de RH
  • Gestão de Pessoas é responsabilidade de todos os líderes de uma empresa

Olhando por este ponto parece até óbvio. Mas acontece que gestores e RH compartilham muitas tarefas e objetivos em comum. Por exemplo: motivação dos colaboradores, contratações, demissões… nestes casos, ambos devem trabalhar em conjunto. Mas cada um com atribuições específicas. É sobre estas diferenças que iremos nos aprofundar no post de hoje.

 

Qual a diferença entre Recursos Humanos e Gestão de Pessoas

Bom, vamos lá. Recursos Humanos, é o departamento de uma empresa. Muito conhecido por executar as contratações, demissões e todas as burocracias que isto envolve.

Já o conceito de Gestão de Pessoas está relacionado às rotinas e desenvolvimento de um time. Ou seja: distribuição de tarefas, controle, metas, desenvolvimento profissional e pessoal. Assim sendo, a Gestão de Pessoas está em todos os departamentos e ramificações de uma empresa, pois todos os líderes são responsáveis por exercê-la, seja ela/ele um coordenador, um gerente, ou diretor.

Mas, como você deve ter percebido, as atribuições do RH também são de interesse dos líderes e gestores. Neste caminho, é muito comum vê-los trabalhando em conjunto em diferentes situações. É aí que a “confusão” normalmente acontece. No quadro abaixo explicamos as principais diferenças.

recursos humanos x gestão de pessoas

 

Atribuições no recrutamento e seleção

  • Líderes ou gestores identificam, e avisam o RH, sobre a necessidade de uma nova contratação. Aprovada, são eles também os responsáveis por definir o perfil, as skills e competências do candidato (embora essa parte também possa ocorrer em conjunto).
  • O RH é responsável por encontrar o candidato ideal. E isto envolve planejar o processo seletivo, divulgar nas plataformas escolhidas, fazer triagem, organizar entrevistas, fornecer fedbacks e toda e qualquer outra burocracia envolvendo a contratação.

 

Atribuição no engajamento e na motivação dos colaboradores

  • Líderes ou gestores lidam com esta tarefa diariamente. Como falamos neste texto aqui, ser um bom líder não necessariamente envolve ser um bom motivador. Mas direta ou indiretamente sua atuação tem grande influência nisso. Além do quê, por ter uma proximidade maior dos colaboradores, cabe ao gestor identificar padrões/causas de desmotivação e encaminhar o problema ao departamento de RH
  • O RH é responsável por resolver problemas de motivação e engajamento no âmbito geral. Não por menos: isso influencia diretamente no turnover. Nesta tarefa, cabe ao RH planejar, executar e até mesmo mensurar as ações realizadas pela empresa para melhorar os índices nestes KPIs.

 

O RH não é mais o mesmo

Já que estamos falando sobre os conceitos de Recursos Humanos e de Gestão de Pessoas, é muito importante lembrar que o RH vem evoluindo e muito ao longo dos anos. Se um dia o setor se limitava a resolver as burocracias das contratações e demissões, hoje, exerce influência direta nos resultados, principalmente se utilizando da análise de dados.

Ficou interessado em saber mais sobre o assunto? Então recomendamos a leitura do nosso artigo sobre People Analytics.

Acesse o Benefi e encontre as melhores publicações sobre Gestão de Pessoas e Recursos Humanos.