design thinking no rh

10-10-2021

Design Thinking para RH: o que é e 5 passos para aplicar

Entenda o Design Thinking e saiba como aplicá-lo no setor de RH

 

Você já ouviu falar em design thinking? Trata-se de uma metodologia com abordagem criativa para a resolução de problemas.

O método surgiu por volta da década de 70 e busca soluções inovadoras, seguras e eficazes. Tudo a ver com a forma na qual os Recursos Humanos estão se encaminhando, né?

Por isso, hoje você vai saber sobre a importância do design thinking no RH e como aplicá-lo.

 

O que é design thinking no RH?

 

O principal foco do design thinking é a experiência humana. Sendo assim, aplicá-lo em uma gestão de RH é pensar no bem estar de cada colaborador em uma organização.

Portanto, organizações do mundo todo passaram a aplicar os critérios do design thinking a partir de um olhar humanizado, ou seja, com o objetivo de melhorar a experiência de cada um dentro do ambiente de trabalho.

Enfim, o RH que aplica esse método visa atender igualmente às necessidades de gestores e de colaboradores.

 

Por que utilizar esse método no RH?

 

Conforme falamos, o design thinking nada mais é do que mais um jeito para solucionar problemas.

Sendo assim, cada etapa da sua implementação serve para entender como anda a experiência de cada pessoa na organização.

Um gestor que pensa a partir do design thinking promove soluções para todos.

Isto é, ao colocar essa metodologia em prática, além de melhorar o entendimento da expectativa de cada pessoa envolvida na organização, é possível personalizar experiências dentro da empresa (experiências individuais ou não).

 

O resultado é certeiro:

  • Pessoas mais satisfeitas;
  • Atração e retenção de talentos;
  • Uma gestão de pessoas mais assertiva.

 

No vídeo abaixo, as profissionais Lorranny Sousa e Camilla Paiva falam um pouco mais sobre a relevância de aplicar o design thinking na gestão de RH:

Como aplicar design thinking no RH em 5 etapas

 

O processo de aplicação do design thinking na gestão de RH consiste em 5 etapas, que são baseadas no framework da metodologia.

design thinking 1

 

 

Conheça as 5 etapas da aplicação do design thinking no RH:

 

1. Empatizar

 

Para melhorar a experiência das pessoas em uma organização, é preciso compreender de maneira empática suas dores e desejos.

O passo de empatizar consiste justamente em um estudo aprofundado de cada colaborador, ouvindo atentamente as pessoas. Para começar, você pode fazer uma pesquisa de clima organizacional.

 

2. Definir

 

Depois de compreender como se sente cada colaborador é a hora de definir onde você vai atuar e qual problema será resolvido com o design thinking.

 

3. Idealizar

 

De certo modo, a ideação é a etapa da divergência. É o momento em que as possibilidades de solução começam a surgir.

Nesse passo, você pode fazer um brainstorming com líderes. Assim, as possibilidades de surgirem ideias práticas e inovadoras só aumentam.

 

4. Prototipar

 

Como o nome da etapa sugere, é aqui que o gestor de RH vai materializar uma ou mais soluções que surgiram no passo anterior.

Aqui, mais pessoas começarão a fazer parte do processo, pois é necessário que os colaboradores interajam com as possíveis soluções propostas.

Por exemplo, você pode criar um programa de reconhecimento, ou um planejamento para a avaliação de índices de desempenho, e apresentar aos envolvidos.

Assim, as pessoas verdadeiramente impactadas poderão avaliar melhor a proposta e até sugerir mudanças.

 

5. Testar

 

O teste serve para validar as soluções na prática.

Ainda não é a implementação de fato: esse é o momento de coletar feedbacks e ajustar os mais simples detalhes.

Ou seja, é a oportunidade que o gestor recebe para continuar melhorando a experiência.

É importante dizer que, nessa etapa, é comum acontecer falhas e. Por isso, não hesite se perceber a necessidade de retornar às etapas anteriores.

 

Enfim, a implementação do design thinking

 

Alguns autores não reconhecem a implementação como um sexto passo, mas sim como a concretização das principais etapas de desenvolvimento do processo.

No momento de implementar suas soluções, procure por métodos ágeis para auxiliar sua gestão.

Encontramos um vídeo super interessante e explicativo sobre esses métodos.

Confira:


Por fim, é importante ter em mente uma etapa crucial (que vai muito além dos passos que listamos): a mudança do mindset.

Isto é: Para o sucesso da implementação do design thinking, é preciso, antes de tudo, mudar sua mentalidade sobre os processos e os resultados da gestão de recursos humanos atual.

 

3 literaturas para se aprofundar em design thinking

 

Tem interesse em melhorar a experiência dos seus colaboradores aplicando o design thinking?

Separamos 3 livros que você precisa ler:

 

1. “Design Thinking – Uma metodologia poderosa para decretar o fim das velhas ideias”

capa livro Design Thinking – Uma metodologia poderosa para decretar o fim das velhas ideias

 

Essa é a leitura para entender o design thinking desde o começo. O livro é escrito por Tim Brown, o CEO da IDEO (organização que popularizou o design thinking no mundo). Portanto, é uma leitura repleta de relatos de quem foi pioneiro nessa aventura.

Você encontra o livro aqui.

 

2. 10 Faces da Inovação

10 Faces da Inovação

 

Aqui, quem escreve é Tom Kelley: Co-Fundador da IDEO. O livro traz diferentes perspectivas sobre as personas que buscam por uma evolução criativa dentro de processos com o design thinking.

Você encontra o livro aqui.

 

3. Isto é Design Thinking de Serviços

livro Isto é Design Thinking de Serviços

Os autores dessa obra estruturaram o livro em diferentes blocos. É uma leitura que pode ser consultada diversas vezes durante a implementação do método, pois detalha o assunto a partir de temas específicos.

Você encontra o livro aqui.

 

O design thinking já é uma realidade em diferentes empresas. Mesmo que você decida não implementá-lo, estar por dentro do assunto já é um diferencial importante!

Separamos outros artigos do Benefi que você pode gostar:

 

Gestão Por Competências: o que é e boas práticas – Guia Rápido de RH

Como melhorar o clima organizacional

Exemplos de cultura organizacional para você se inspirar

 

Continue acompanhando o Benefi para ficar atualizado de todas as novidades sobre RH e Gestão de Pessoas. Nós também estamos no Instagram! Siga o nosso perfil e não perca nenhuma novidade.