cuidados para empresas corona vírus

18-03-2020

Coronavírus em empresas: o que fazer e que cuidados tomar para não espalhar a doença

Em tempos de Coronavírus, serão necessárias medidas corajosas e cuidados especiais para empresas. Neste artigo, reunimos algumas dicas sobre o que fazer.

 

O Coronavírus chegou. Infelizmente não temos como voltar atrás. Mas, sim, é possível evitar um futuro muito pior. Embora a responsabilidade para inverter esta situação esteja em cada um de nós, como lavar as mãos com frequência, usar álcool gel e evitar aglomerações, os empresários e líderes de equipe tem a oportunidade de (embora não seja fácil) tomar decisões e medidas que afetem um número maior de pessoas ao mesmo tempo.

Somos um blog especializado em Gestão de Pessoas e RH. Em um cenário como este, não existe outro assunto. Pouco interessa o turnover, cultura empresarial, plano de carreira. Agora, o interesse maior da população é reduzir os risco da pandemia. O artigo de hoje é sobre isso. Reunimos dicas sobre o que fazer para evitar que a sua empresa se torne um centro de contaminação, e que cuidados tomar para manter os colaboradores calmos e motivados.

 

Que cuidados tomar na sua empresa em tempos de Coronavírus

 

1 – Implemente o trabalho remoto na sua empresa

É muito possível que chegue o momento que isso não seja uma escolha, e sim uma obrigação. Por isso, mais do que uma dica, este tópico é um apelo. Procure implementar o trabalho remoto o quanto antes.

Para alguns, isso pode parecer um cenário de outro mundo. Mas sempre somos capazes de encontrar soluções criativas. Neste artigo que escrevemos algumas semanas atrás, falamos justamente sobre o trabalho à distância e a flexibilidade. Mas este guia da Officeless é ainda melhor. Afinal, eles são especializados nisso.

Além disso, o Linkedin Liberou gratuitamente seus cursos online sobre o Trabalho Remoto (clique aqui). Infelizmente, só encontramos cursos free na plataforma em inglês. Mas você pode ficar de olho, pois é bem possível que a ação se espalhe para as vídeo aulas em outras línguas.

Em geral, podemos resumir algumas dicas sobre trabalho remoto:

  • Metas a curto prazo
  • Reuniões matinais online
  • Evitar micro-gerenciamentos (confie nos seus colaboradores!)
  • Escolher uma plataforma exclusiva para se comunicar (como o Slack) e evitar comunicação via Whatsapp

 

2 – Controle da Ansiedade

O momento é sério. Quanto a isso não existem dúvidas. Precisamos tomar cuidado redobrado, e não tratar o assunto como brincadeira. Mas, em contrapartida, é preciso evitar o pânico e controlar a ansiedade em relação ao coronavírus (Este artigo é interessante, fala justamente sobre isso).

Muitas pessoas sofrem com stress e ansiedade, e, querendo evitar o problema, acabam por prejudicar sua saúde mental. Neste sentido, algumas atitudes podem ser tomadas.

 

Trate o assunto com cuidado e evite Fake News

Se a sua empresa possui algum grupo no WhatsApp, muito provavelmente, mas muito mesmo, deve estar abarrotado de encaminhamentos sobre o tema. Quantos deles são verdadeiros? E, mais do que isso, quantos deles podem até ser prejudiciais?

Neste sentido, é bom tentar conscientizar os colaboradores da importância de evitar o assunto com excesso. Bom, esta é uma tarefa super difícil. Mas você pode contornar de uma maneira criativa. Por exemplo: conversem sobre como ajudar os familiares idosos do seus colaboradores a evitar o contágio. Criem estratégias e ajudem uns aos outros. Assim sendo, no lugar de disseminar conteúdos que causam o pânico, você está ajudando as pessoas a lutar contra isso. Sempre com o máximo de cuidado, é claro.

Variar o assunto também é interessante. Postagens, ou e-mails, do tipo “uma notícia boa em meio a tudo isso”. É bom tomar o cuidado para não desmerecer o tema, mas um pouco de distração não faz mal à ninguém.

 

Divulgue conteúdos “zen”

Existem muitas técnicas de relaxamento. A internet está repleta de fontes sobre o assunto. Videoaulas de Yoga, de Pilates, de Meditação. Estar em casa é uma boa oportunidade para experimentar este tipo de prática. Você encontra conteúdo em blogs, no Youtube, e até apps. Um exemplo é o app Lojong, que é gratuito, e conta com rotinas gratuitas de meditação.

Este vídeo com aula de Yoga para controlar o pânico também é uma boa dica para compartilhar:

 

Incentive a prática de exercícios em casa

A prática de exercícios combate a ansiedade. Ao mesmo tempo, a academia está entre os locais a serem evitados. Novamente, a internet está repleta de opções para quem quer fazer exercícios em casa. Em uma rápida pesquisa no YouTube, você vai encontrar vídeos para a galera que curte um exercício mais pesado, pra galera do pilates, pra quem gosta de aeróbicos e até para quem é iniciante. Como neste exemplo:

 

3 – Campanha de conscientização

Outra atitude a ser tomada é a conscientização. Todos estão levando o assunto à sério? Mesmo trabalhando em casa, é importante lavar as mãos sempre que puder. O álcool gel também é importante. Voltando à dica do início, que falamos sobre evitar o alarde, esta é outra estratégia para usar o próprio assunto, mas em um tom de combate, e não de pânico. Incentive sua equipe a lavar as mãos!

Além disso, existem dois outros pontos que merecem tópicos especiais.

 

Não compre o que não precisa!

Como falamos antes, muita gente entra em pânico. E isso faz com que alguns apresentem comportamentos excessivos, como comprar quilos de papel higiênico, litros de álcool gel. O quanto disso é necessário? Quantas pessoas são prejudicadas por atitudes como esta?

Neste sentido, pensar nos outros também é pensar em si mesmo. Controlar o impulso de colocar um item a mais no carrinho, também pode ser positivo para controlar o nosso medo e ansiedade.

 

Respeito (e cuidado) com os idosos

O cuidado com idosos (e outras pessoas em situação de risco) é fundamental. Tomar medidas de prevenção é necessário, este artigo fala sobre isso. Converse com seus funcionários sobre seus parentes mais velhos, chame a atenção sobre o tema, e os incentive a redobrar os cuidados com seus pais e avós.

 

4 –  Estipular metas

Já falamos sobre isso na parte do trabalho remoto. Mas, de alguma forma, é interessante buscar meios de manter sua equipe motivada. Criar metas de curto alcance ajuda a manter o foco, e estimula a produção. Como o momento econômico exige atenção, para muitos é impensável aplicar qualquer tipo de programa de recompensas. Mesmo assim, as metas funcionam. Como você pode ver neste artigo, uma pesquisa apontou que elogios são mais eficazes na motivação até mesmo do que prêmios em dinheiro.

 

5 – Use ferramentas de comunicação interna

Já falamos sobre isso. Mas vale voltar ao ponto. Evite comunicação de trabalho por WhatsApp. Além de desorganizado, acaba misturando com assuntos pessoais e os infinitos spams sobre o vírus. O Google liberou sua ferramenta Hangouts Meet para todos os usuários do G-Suit.

E ainda existem outras possibilidades. O Slack é interessante para a comunicação diária. Para reuniões, o Whereby é uma ferramenta gratuita com boas funcionalidades. O GoToMeeting é outra hipótese, com uma versão paga super robusta. Mas existem várias outras, e você com certeza conhece alguém para indicar uma ideal, e até para te ensinar os macetes.

 

Enfim, em tempos como este, a informação é ainda mais poderosa, e devemos usá-la para o bem, com responsabilidade. Filtre as fontes, evite Fake News, mas não deixe de ajudar. Lembrando que o primeiro passo para isso, é cuidar da própria saúde.

Conte com o Benefi para dicas de Gestão e Recursos Humanos. Estamos juntos nessa 🙂